Buscar
  • Thamise Lopes

Tipografia

Tipografia é o estudo, criação e aplicação dos caracteres, estilos, formatos e arranjos visuais das palavras. Os tipos, conhecidos como fontes ou tipos de letra, indicam a composição visual de um texto. A tipografia é, sem dúvidas, uma das áreas mais importantes do Design Gráfico.

As fontes são usadas para provocar respostas específicas e criar associações mentais exclusivas a uma marca. Cada tipo de fonte tem suas vantagens e significados psicológicos.

Existem milhares de fontes disponíveis hoje em dia, mas a maioria pode ser dividida em 3 grandes categorias. Cada um desses estilos oferece características únicas, e a forma como cada um é implementado desempenha uma função em seu significado simbólico e, consequentemente, no impacto que tem sobre o design final do seu logotipo.







Fontes serifadas

Esses são os tipos de fontes mais antigos. Os primeiros exemplos apareceram já no final do século XV. A palavra “serifa” refere-se aos pequenos pés presentes nas partes superior e inferior de cada letra. Esses pequenos detalhes originaram-se dos pincéis dos artistas e eram adicionados às letras como elementos decorativos.

As fontes serifadas podem ser divididas em várias subcategorias (estilo antigo, clássico, neoclássico, transicional, clarendon etc.). Esse estilo de fonte é caracterizado por um design mais conservador e a presença de serifas nas partes superior e inferior da maioria das letras.

As fontes serifadas são populares entre empresas que buscam retratar uma marca elegante e sofisticada. Os logotipos com esses tipos de fontes evocam tradição, respeito e confiança. Além disso, as serifas ajudam as empresas a parecerem mais estabelecidas e são ideais para comunicar uma identidade baseada em autoridade e grandeza. Organizações das áreas acadêmica, editorial e financeira se favorecem das fontes serifadas graças ao aspecto conservador e respeitável que elas sugerem.








Fontes sem serifa

As fontes sem serifa uma abordagem mais limpa e moderna. Esse contraste faz com que combinem bem com as fontes serifadas. Elas datam do século XIX e tornaram-se imensamente populares nas décadas de 1920 e 30.

Essas fontes são definidas pelas suas linhas retas e simples, enfatizam a legibilidade e a simplicidade em prol de um visual mais dimensionável. As fontes sem serifa também podem ser divididas em várias subcategorias, incluindo os estilos grotesco, quadrado, geométrico e humanista.

Esse tipo de fonte oferece um visual simples e descomplicado. Enfatiza a clareza, com uma abordagem progressista – mas também podem ser ousadas e usadas para chamar a atenção com seu design refinado e eficiente. As empresas que escolhem essa família de fontes priorizam um senso de sensibilidade e honestidade.








Fontes caligráficas

Os estilos caligráficos casuais ganharam popularidade no século XX . Esse estilo deixa de lado o visual de impressão compacto e favorece o estilo cursivo, mais natural. As fontes caligráficas são divididas em duas principais subcategorias – formais ou casuais – e são desenhadas para se assemelharem à caligrafia manuscrita.

As caligráficas formais são definidas por seus floreios e caracóis. Geralmente, recomenda-se usar essas fontes com moderação, pois podem afetar a legibilidade e tornar os sinais em palavras ou letras difíceis de entender e dimensionar. As fontes caligráficas casuais são mais discretas que as formais e enfatizam a legibilidade.

As fontes caligráficas evocam ideias de elegância, criatividade, liberdade e feminilidade. Também comunicam uma abordagem comercial mais prática e pessoal. As empresas que querem transmitir uma emoção específica podem usar fontes caligráficas com um grande impacto. Da mesma forma, fontes caligráficas são perfeitas para quem deseja transmitir uma sensação de pensamento singular e artístico.

A escolha da fonte mais adequada é um aspecto crítico de qualquer identidade de marca. A fonte certa pode proporcionar à sua marca camadas adicionais de simbolismo e ajudá-lo a comunicar melhor os valores e objetivos da sua empresa. Ao encontrar a combinação certa de tipos e elementos de design, sua marca poderá comunicar a história da sua empresa da forma como ela deve ser contada.


207.png

Preencha o briefing e receba sua proposta.

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Google+ - Black Circle

©ESTÚDIO 207